Resultados: 'gare'

Mudança de Categoria CNH B C D E – Preço

Mudar Categoria da CNH

Você está tirando carteira de habilitação e tem curiosidade em saber mais sobre as categorias da carteira Nacional de Habilitação (CNH)? Conheça cada uma delas e como fazer para
mudar de categoria de B para C D ou E e saiba o preço para mudar de categoria de CNH.

mudanca categoria cnh Mudança de Categoria CNH B C D E   Preço

Existem cinco tipos de categoria de Carteira Nacional Habilitação (CNH) para motoristas e motociclistas e cada categoria tem como diferencial uma da outra o nível de dificuldade e responsabilidade exigida para cada tipo de veículo.

A categoria A é para os veículos motorizados de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral e quando tem carro lateral é chamado de “side car”; já na categoria B são os veículos motorizados que não sejam contemplados na categoria A e que não tenham mais de oito lugares, excluído o espaço do motorista e peso bruto total seja superior a 3,5 mil quilogramas. Já a categoria C condutora de veículo motorizado usado para transporte de carga, com peso bruto superior a 3.500 quilogramas; já a categoria D é para veículo motorizado usado para transporte de pessoas, com lotação superior a oito lugares além do motorista, corresponde aos ônibus e vans, são alguns exemplos deste tipo de veículo; e categoria E, uma combinação de veículos em que a unidade conduzida se enquadre nas categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada ou rebocada tenha um peso de seis mil quilos ou mais; já no caso de lotação, nesta categoria seja superior a oito lugares ou ainda que se enquadre na categoria trailer.

Quando for retirar a carteira Nacional de habilitação (CNH) pela primeira vez somente é permitido ar retirado da carteira nas categorias A, B e AB e, no último caso, a pessoa pode participar de dois cursos preparatórios. No caso, da categoria B o condutor pode mudar a categoria para C e D; quem possui na categoria C, pode mudar a categoria para D ou E; e quem possui a CNH na categoria D pode mudar para a categoria E. Mas, para poder mudar, por exemplo, para as categorias C, D ou E o condutor deve estar a pelo mens um ano na categoria anterior exigida, por exemplo, se a pessoa quem mudar para a categoria ser, precisa estar o pelo menos há um ano na categoria B. O preço para fazer a mudança de categoria de CNH varia bastante de acordo com a autoescola, basta pesquisar nas autoescolas de sua preferência.

Para fazer a mudança de categoria o interessado deve procurar uma autoescola ou uma unidade do DETRAN mais próxima e, no caso de mudança de categoria só pode pedir quem já tem carteira nacional de Habilitação há mais de um ano. Por isso, consulte o DETRAN para saber quais documentos e procedimentos necessários exigidos.

Postado em CNHComentário (1)

Registro de Carro 0 km

Como registrar carro novo 0 km Detran SP

Para aqueles que conseguiram realizar o sonho de comprar um carro 0 Km, esse artigo irá ajuda-lo. Confira dicas para você registrar carros 0 km no Detran SP, o mesmo serve para motos.

registro de carro 0 km detran sp Registro de Carro 0 km

Sabemos que para poder andar sem empecilhos com a lei, devemos fazer inúmeros documentos que habilitam o carro a rodar sem problemas. Esses registros ficam armazenados em uma base de dados do DETRAN, que aqui está relacionado ao estado de São Paulo.

O documentos emitidos serão: o certificado de registro de veículos (CRV) e o certificado de registro e licenciamento de veículos (CRLV)

Onde fazer o registro para carro 0 km?

No estado de São Paulo existem os seguintes lugares:

No interior do estado – Nas seções de trânsito ou nas Ciretrans;

No posto Poupatempo, Campinas shopping;

Na capital do estado nas unidades do Detran – Aricanduva, Armênia ou Interlagos.

Documentos apresentados para a emissão dos documentos do veículo

É necessário as copias e originais da carteira de identidade e do CPF. Se não possuir o RG ou não estiver de posse no momento, podem ser usados no lugar os documentos de identidade militar emitidos pelo exercito, marinha e aeronáutica (Ministério da Defesa) identidade de conselhos ordens ou classe, e os documentos de identificação funcional emitidos pela polícia federal ou estadual. Alem desses documentos, também deve-se levar os comprovantes de residência, tanto as copias quanto os originais, com até três meses de emissão. Passando desse tempo, o comprovante perde sua validade. Podem ser usados como comprovante de residência as contas de luz, telefone, água, gás, imposto predial territorial urbano (IPTU), INSS e contrato de locação. Lembrando que os comprovantes de residência devem estar no nome daquele que vai fazer os documentos do carro, ou de um parente próximo. Do carro 0 km serão cobrados a copia da nota fiscal do fabricante, primeira via da nota fiscal de revenda, sendo obrigatório que ela seja original (montadora, concessionária) ou no lugar da deste documento também pode ser usada a nota fiscal eletrônica impressa com o decalque do chassi legível.

Quanto custa o primeiro emplacamento de Carros 0 km?

A taxa para o registro do veiculo zero quilometro no Detran SP equivale à quantia de R$ 204,69.

Já a taxa de lacração é de R$70,99.

É importante lembrar que o documento do carro novo só pode ser entregue àquele que solicitou sua emissão mediante ao Detran SP.

Postado em EmplacamentoComentário (1)

Liberação de Documento Apreendido Detran SP

Documento Apreendido no Detran SP Liberação

Para liberar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), retido por infração durante fiscalização, é necessário que alguns requisitos sejam levados em consideração. Primeiro, o documento CRLV precisa ter sido apreendido por conta de uma infração no trânsito que ocorreu nos arredores da Unidade de Atendimento, ou que o veículo tenha registro naquela Unidade. Confira a seguir o que deve ser feito para a liberação do documento apreendido no Detran SP.

documento apreendido detran sp Liberação de Documento Apreendido Detran SP

Vá ao ponto de liberação de CRLV na unidade de trânsito responsável com o CRR original ou recibo de recolhimento entregue pelo fiscalizador.

Se o CRLV foi retido apenas por vencimento do licenciamento, será realizada a efetivação do licenciamento do veículo. Para tanto, é preciso apresentar o próprio CRR (Comprovante de Remoção ou Recolhimento) ou o recibo de recolhimento.

Se o CRLV foi retido por infração de transito ligada às más condições de conservação ou de qualquer falha na segurança do veículo, é necessário seguir algumas etapas:

- Pague a taxa de vistoria em qualquer agência bancária, mediante Gare, com código de receita 403-0, portando CPF do dono ou placa do veículo;

- Depois de regularizar todas as falhas do veículo, será feita uma vistoria com 30 dias de validade. Os locais para a vistoria estão disponíveis no site do Detran SP.

- Volte à unidade de trânsito tenho em mãos o comprovante do pagamento do custo de revistoria e do laudo, o Comprovante de Remoção ou Recolhimento (CRR) ou o recibo de recolhimento, RG e CPF.

Atenção: o serviço de liberação não se enquadra em desbloqueio de cadastro veicular por decisão do Poder Judiciário ou requerimento de Distrito Policial.

Documentos

No momento da solicitação de liberação, alguns documentos são necessários.

- CNH com foto (original e cópia) ou RG e CPF (original e cópia). Documentos de identidade militar fornecidos pelo Exército, Marinha e Aeronáutica também são válidos no lugar do RG, assim como documentos de identificação funcional das Policias Estaduais e Federais; Passaporte; documentos de Conselhos ou Ordens de Classe;

- Comprovante de Remoção ou RecolhimentoCRR (original) ou de Auto Recolhimento de Documento – ARD (original). Em caso de extravio desse documento, é necessária a apresentação da Declaração de Extravio;

- Documento comprovando pessoa jurídica, contrato social (cópia) e cartão de CNPJ;

- Comprovante do pagamento de débitos (original e cópia);

- Laudo de revistoria (original) e comprovante do pagamento da taxa relativa ao serviço.

É importante lembrar que os documentos devem estar em bom estado e com fotos recentes (para os que têm foto).

Taxa do serviço para liberação de documentos Detran SP

O valor da taxa de revistoria que deve ser paga é de R$ 101,42. Esse pagamento deve ser realizado em qualquer agência bancária, através de GARE, usando o código de receita 403-0, e apresentando o CPF do proprietário ou placa do veículo.

Para saber onde o serviço é prestado na capital e no interior de São Paulo, os postos de entrega, e outros detalhes sobre este procedimento, além de outras informações, acesse o portal do Detran SP – www.detran.sp.gov.br.

Postado em LiberaçãoComentários (17)

Blog Não Oficial

Atenção: Esse blog tem caráter informativo afim de reunir informações úteis, o site oficial do Detran SP você pode acessar no seguinte endereço: www.detran.sp.gov.br. É só com o esforço de todos, somado aos dos órgãos públicos que conseguiremos tornar o nosso trânsito mais humano e seguro. Respeite as leis de trânsito!

Endereço Detran SP

Av. do Estado, 900 - Bom Retiro, São Paulo - SP
Exibir mapa ampliado Google+